Novo governo libera R$ 5 milhões para entidades LGBT contra o HIV

O Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, liberou mais de R$ 5 milhões para 26 projetos de 25 organizações da sociedade civil envolvidas com ações de prevenção e assistência ao HIV e aids no país.

Muitas dessas entidades trabalham com o público LGBT, gays, lésbicas e transexuais, além de prostitutas que esperavam a aprovação desde 2014, congelada no governo Dilma. Os repasses foram realizados no dia 30 de agosto e são referentes aos editais públicos nº 01 e 05/2014. Na luta da população LGBT contra o HIV, tem se identificado um novo crescimento de casos, preocupação do governo Temer que irá retomar ações na mídia sobre o assunto, afirmam grandes jornais como Estadão e O Globo.

A liberação do recurso ocorreu após “pente fino” do novo Ministério da Saúde sobre os compromissos não quitados com as organizações. “Algumas autorizações emergenciais foram feitas, como compromisso da nova gestão. Sabemos que as populações menores estão abandonadas há muitos anos, e para elas tem sobrado apenas discursos vazios e promessas”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, na última terça-feira (6). Em reunião realizada no dia 4 de agosto com a presença de representantes da UNAIDS no Brasil, a pasta assumiu o compromisso de priorizar os pagamentos para as instituições aprovadas no chamamento.

Os editais fazem parte de uma série de convênios que possibilitam o financiamento de ações conjuntas com essas organizações para o fortalecimento e ampliação das medidas que contribuam para a vigilância, prevenção e o controle das infecções sexualmente transmissíveis.

Abaixo, você confere a lista de entidades que receberão os valores. Não deixe de cobrar esses investimentos, muito menos de fazer seus testes bimestrais, ok? 😉

entidades-lgbt-conta-hiv

Post anterior Próximo post

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.