Quais são as 6 séries gays mais legais de 2016

Quando falamos sobre séries gays estamos falando de produções que não são exclusivamente com temática LGBT, mas que apoiam e dão destaque para histórias com personagens fortes que representam nossa comunidade.

Hollywood tem trazido para si a responsabilidade de mostrar ao mundo que existe diversidade por trás dos roteiros que querem contar. Desde 2014, associações de cinema dos EUA e alguns países líderes em produções cinematográficas abraçaram a causa e se comprometeram em trazer personagens e dramas gays em seus projetos… e tem dado certo!

Confira agora quais são as 6 séries gays mais legais de 2016:

6 – Transparent

0715_Quais são as 6 séries gays mais legais de 2016 - transparent

O primeiro sucesso da Amazon TV, Transparent está em sua quarta temporada e contando… após ganhar 9 indicações para o Emmy desse ano, e conquistar o Globo e Ouro e Emmy ano passado, a série falar sobre uma família de Los Angeles e seus problemas, um pouco além dos comuns. Mort (maravilhosamente interpretada por Jeffrey Tambor, ganhador do Globo de Ouro) tem três filhos, já adultos: Ali (Gaby Hoffman), Sarah (Amy Landecker) e Josh (Jay Duplass). Quando ele os reúne para falar do futuro, os três ficam chocados ao descobrir que o assunto não é herança ou paisagismo do quintal, mas que o pai deseja se assumir como transgênero.

Todos os relacionamentos, com o mundo, com eles mesmos e um com o outro, irão se modificar à medida que os segredos e as dificuldades vão se desvendando. Um seriado sensível, engraçado e bastante controverso, que ensina o amor de todas as formas e gêneros possíveis. Espera muito beijo gay, sexo lésbico e pitadas de bissexualidade e questionamentos profundos!

5 – Game Of Thrones

0715_Quais são as 6 séries gays mais legais de 2016 - game of thrones

No ar desde 2011, a série baseada nas obras de George R.R. Martin, arrebata multidões ao redor do mundo. Violência e muitas reviravoltas são garantidas a cada episódio milionário, produzido pela HBO. Além de recordista em indicações e prêmios desde Sopranos (também da HBO), Game of Thrones entra para o Livro dos Recordes comm o seriado dramático com a maior transmissão simultânea ao redor do mundo. O número foi alcançado com o episódio 2 da quinta temporada, intitulado “The House of Black and White”.

Embora a literatura fantástica de Martin seja datada na época de reis, cavaleiros e épocas pré-medievais, a sexualidade é explorada ao máximo, com cenas tórridas entre reis e seus amantes, sexo gay e até mesmo entre irmãos. Por incrível que pareça o público não critica GOT como faz com outras séries que abordam homossexualidade e diversidade… por que será?

4 – Looking

0715_Quais são as 6 séries gays mais legais de 2016 - looking

Uma das minhas favoritas, Looking foi cancelada ano passado, mas continua fresca e deliciosa em nossas mentes. Como toda série exclusivamente gay, é enorme o desafio para angariar dinheiro para produção e lutar contra o preconceito e encheção de saco do povo. Tida como “filha do Queer as Folk”, Looking acompanha três amigos na moderna cidade de São Francisco, na Califórnia.

Mesmo unidos pela enorme amizade, cada um está em um momento diferente de vira. Enquanto Patrick (Jonathan Groff) é um designer de vídeo game com 29 anos que tenta voltar a namorar após descobrir que seu ex está noivo. O artista Agustín, de 31 anos, está cogitando a ideia de assumir um relacionamento mais sério com seu namorado, enquanto o mais velho do grupo, o garçom Don, de 39, começa a enfrentar a crise da meia-idade. Você verá em Looking sexo a três, orgias gay, traição gay e todo babado gay que vivemos nas melhores redes sociais do ramo… rs

A série ganhou um desfecho nas telonas, Looking estréia no cinema (e na HBO) dia 23 de julho.

3 – Sense8

0715_Quais são as 6 séries gays mais legais de 2016 - sense8

Uma das maiores produções da nossa amada Netflix, Sense8 desafia padrões a cada temporada. Chegando em sua segunda temporada (e com outras duas temporadas garantidas), a série de ficção científica fala de grupos de pessoas ao redor do mundo que estão ligadas mentalmente, e precisam achar uma maneira de sobreviver sendo caçados por aqueles que os veem como uma ameaça para a ordem mundial.

Cada um desses “sensates” é de um lado do mundo e tentam descobrir como e por que esta conexão aconteceu e o que isso significa, um misterioso homem chamado Jonas tenta ajudar os oito. Enquanto isso, outro estranho chamado Whispers tenta caçá-los, usando o mesmo poder “sensate” para ganhar acesso total a uma mente sensate (pensamentos/visão) depois de olhar em seus olhos.

Parece confuso no início mas vale a pena acompanhar não só pelo roteiro super bem amarrado, mas também as cenas de ação dirigida, escrita e produzida por Lilly e Lana Wachowski, que abusam de personagens gays, transexuais, lésbicas e a cena mais esperada, mais compartilhada do ano: a orgia de Sense8… linda e delicada dos protagonistas! <3

O ELENCO DE SENSE8 ESTAVA EM SÃO PAULO, NA PARADA GAY. CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA!

2 – RuPaul’s Drag Race

0715_Quais são as 6 séries gays mais legais de 2016 - rupaul drag race

É quase um década de montação, fechação, drags poderosas e closes certos e errados. RuPaul’s Drag Race é sucesso mundial e se você nunca viu, bee… desista dessa carreira de ser gay!

Mentira! Confesso que eu já tive meus bloqueios em assistir e não sabia nada de cultura drag, mas tudo mudou depois que decidi assistir a primeira temporada… e ficou ainda melhor!

Idealizado e apresentado pela famosa drag queen RuPaul, o programa procura o carisma, singularidade, coragem e talento de uma drag queen, para suceder ao título de “America’s Next Drag Superstar”.
Inicialmente desenvolvido para a MTV norte-americana, o reality show conquistou o título de “programa mais assistido do canal nos EUA”.

Hoje, em sua nona temporada, RuPaul acaba de ser (finalmente) indicada ao Emmy e segue na LogoTV, com o mesmo divertido formato: toda semana as competidoras participam de gincanas e provas onde são testadas suas habilidades em canto, dança, costura, talento, humor e personalidade.

1 – Orange is The New Black

0715_Quais são as 6 séries gays mais legais de 2016 - orange

Em primeiríssimo lugar, a série mais amada do Netflix e das sapa tudo: Orange is The New Black. Divertida, dramática e transgressora, a produção que quebrou muitos paradigmas (entre eles o de romance entre mulheres na grande mídia), OTNB é é baseada no livro de Piper Kerman, Orange Is the New Black: My Year in a Women’s Prison, que fala sobre experiência na prisão.

Estreou em 2013 e já está em sua terceira temporada, Netflix já garantiu mais 3 temporadas (quinta, sexta e sétima) pelos próximos dois anos. Embora não seja fã da protagonista, o mais legal de Orange são as histórias paralelas, onde muito drama, violência e histórias familiares comuns mostram como cada detenta foi parar na prisão de Litchfield.

Cenas de sexo lésbico, amor, traição e muito humor garantem a longa vida de OTNB, que nos brinda com diversidade e muito empoderamento feminino.

E você, qual é suas séries gays favoritas esse ano?

banner rodapé do site_tres_novo aqui_f

Post anterior Próximo post

2 comentários

  • Reply Celso Pires 8 de janeiro de 2017 at 09:53

    Skam 3ª temporada

    • Reply Kinho Mangerona 8 de janeiro de 2017 at 10:06

      Oba! Boa dica, Celso… adoro filmes e séries da Suécia e Noruega, valeu! 😉

    Deixe um comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.