Parada gay completa 20 anos com grande manifestação contra a Transfobia

Em 2016, a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo completa 20 anos e quer se manter como a maior manifestação mundial em favor dos direitos dos segmentos LGBT. O movimento é organizado pela Associação da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros de São Paulo (APOGLBT) com apoio da Four X Entertainment. Para esta edição, o tema será “LEI DE IDENTIDADE DE GÊNERO, JÁ! – Todas as pessoas juntas contra a Transfobia!”, em favor do segmento T: mulheres transexuais, homens trans e travestis. Para dar voz à reivindicação, todos os 15 trios do segmento LGBT e que compõem a Parada levantarão a bandeira T. A manifestação será realizada no dia 29 de maio, domingo, com concentração e partida à partir das 10h, em frente ao MASP, na Avenida Paulista. Além da Parada, a APOGLBT também organiza outras ações durante o 20º Mês do Orgulho LGBT.

“Este é um ano especial. A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo comemora seus 20 anos. São 20 anos de luta e visibilidade LGBT que, só quem fez parte desta caminhada sabe que não foi fácil chegar até aqui. Precisamos comemorar. Precisamos festejar estes 20 anos. Muitas conquistas que tivemos na sociedade foram graças a este grande movimento. Um movimento que é nosso!”, explica Fernando Quaresma, presidente da APOGLBT.

Nesta edição, a Parada contará com 15 trios elétricos representando ONG´s e coletivos LGBT. Todos os trios trarão a bandeira T e frases que representam cada um dos segmentos. A ideia é fazer uma grande mobilização para que a “Lei de Identidade de Gênero”, atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados, seja aprovada e que todos assumam a luta pelo fim da transfobia no Brasil.

“Dentro do movimento LGBT temos um grupo de maior vulnerabilidade, que é o segmento T. Por isso, neste ano, o tema da Parada é “Lei de identidade de gênero, já!”, uma forma de fazer com que todos nós, unidos, sejam gays, lésbicas, bissexuais ou heterossexuais, lutemos por uma única causa: a aprovação da lei de identidade de gênero para as pessoas trans. Precisamos disso!”, conta Nelson Matias, diretor e co-fundador da APOGLBT.

Para garantir a estrutura da manifestação e das ações do Mês do Orgulho LGBT e captação de recursos, a APOGLBT contratou este ano a Four X Entertainment, produtora de eventos, que ficará responsável pela produção da Parada e ações do Mês do Orgulho, que incluem: 15º Ciclo de Debates, 16º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, 16º Feira Cultural LGBT e a 20ª Parada do Orgulho LGBT. A Four X atuará em parceria com outras duas empresas, a Groupe 360, empresa de Live Marketing e a OCP, empresa de eventos.

“Estamos honrados com o desafio de ajudar a APOGLBT a estruturar um evento com a dimensão da Parada LGBT e todas as ações do Mês do Orgulho. É uma parceria que começou com um namoro e acreditamos que vire um casamento. Nosso papel como parceiros é ajudar a estruturar a manifestação e torná-la não só a maior como a melhor do mundo”, conta Líbia Miranda, diretora da Four X.

parada_gay

Além disso, o papel da Four X, Groupe 360 e OCP é aproximar as empresas e apoiadores da APOGLBT não só durante as atividades do Mês do Orgulho, mas durante todo o ano.

“Queremos levar os temas do segmento LGBT às empresas para que se tornem parceiros nas ações e cada vez mais abracem a causa”, completa Líbia.

Até o momento, a 20ª edição da Parada Gay tem o patrocínio da Prefeitura de São Paulo, que destinará R$ 1,5 milhão em estrutura para a Parada (divididos entre manifestação e show de encerramento), Bob´s, Olla e Caixa Econômica. O Governo do Estado é parceiro da APOGLBT no fornecimento das tendas para a Feira Cultural LGBT. Outros nomes ainda serão divulgados nos próximos dias.

Programação da 20ª Parada do Orgulho LGBT e Show de Encerramento

A 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT terá início às 10 horas e saída do primeiro trio às 13 horas. O trajeto dos trios será entre a Avenida Paulista e a Rua da Consolação. O último trio chega à Rua da Consolação às 18 horas. São esperadas mais de 2 milhões de pessoas na manifestação, considerada a maior do mundo. Ao final da Parada, no Vale do Anhangabaú, acontecerá a partir das 18 horas o Show de Encerramento da manifestação do orgulho LGBT.

Estrutura

Parada: Haverá uma estrutura na região cedida pela Prefeitura composta por oito ambulâncias de UTI, oito ambulâncias de remoção, quatro postos médicos, 30 brigadistas, 200 seguranças, 180 cordeiros e 780 banheiros químicos. Além da estrutura oferecida pelo órgão municipal, policiais militares, e policiais da delegacia de polícia de repressão aos crimes raciais e delitos de intolerância (Decradi), bombeiros civis, cordeiros para os trios; além de seguranças que completam a estrutura de apoio ao público. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) ficará responsável pelas interdições das vias no entorno.

Show de Encerramento: A estrutura de apoio cedida pela Prefeitura contará com posto médico, duas ambulâncias de UTI, duas ambulâncias de remoção, 20 seguranças e 100 banheiros químicos. Além da estrutura oferecida pelo órgão municipal, policiais militares, e policiais do Decradi, bombeiros civis, cordeiros para os trios, seguranças completam a estrutura de apoio ao público.
A parte de alimentos e bebidas ficará a cargo de ambulantes credenciados pela Prefeitura.


Sobre o Mês do Orgulho LGBT

Maio é o mês do Orgulho LGBT e para endossar ainda mais a causa, a APOGLBT promoverá uma série de atividades e eventos antes da manifestação na Avenida Paulista.
O primeiro deles será a abertura do 15º Ciclo de Debates, que tem como finalidade garantir a isonomia da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais e de garantir os avanços sociopolíticos. Os debates ocorrerão de 9 a 13 de maio, das 19h às 21h, na Rua Formosa, nº 99 – 12º Andar, ao lado do Metrô Anhangabaú.
Já no dia 24 de maio ocorrerá o “16º Prêmio Cidadania em respeito à Diversidade”, que presta homenagem e reconhece as ações sociais que contribuíram para o avanço dos direitos humanos, da população LGBT. Serão 20 premiados, selecionados por meio de votação aberta, em categorias como: Direitos Humanos, Militância, Jornalismo, Teatro, TV/Novela, Educação, Esportes, Memória, Cinemas, Artes Cênicas, entre outros.

bannersite1

Para integrar o calendário, a tradicional Feira Cultural LGBT, mais uma vez, irá ocupar todo o Vale do Anhangabaú. Os visitantes poderão circular por 45 tendas – 15 comerciais com produtos dos mais variados segmentos que vão de alimentação a moda e decoração, além de poderem participar de oficinas com dragqueens ou bate-papo com escritores especializados em literatura com temática LGBT. As demais tendas são especificas para divulgação dos trabalhos de Organizações Não Governamentais (ONGs) e demais entidades que apoiam a causa LGBT. A Feira Cultural LGBT acontece no dia 26 de maio, feriado, das 10h as 22h, no Vale do Anhangabaú.

Post anterior Próximo post

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.